domingo, 18 de maio de 2014

Copo cheio

Um dos meus problemas é não dizer as coisas quando devia.
Depois o copo enche, enche e em vez de rebentar, não, fica indiferente.
E como o meu copo é pequeno, já encheu. Agora nada a fazer. A indiferença irá criar um buraco cada vez maior... até ao dia.

Um comentário:

P.A. Santos disse...

Por isso é que é melhor não o deixar encher. O resultado é sempre pior.
Força!
:)