terça-feira, 30 de setembro de 2014

Último día de Setembro, que termine melhor do que começou

Há dias complicados sentimentalmente, ou porque realmente algo nos atormenta ou porque começamos logo de madrugada com um desatino.
É, é esse o caso. A C mais pequena, todos os dias a qualquer hora tem de arranjar complicações, intrigas, o não gosto o não quero, sei lá. A miúda parece que vem enfeitiçada lá dos outros lados. Raios-parta. Qualquer dia tenho de lhe ir tirar o mau-olhado. 
Agora a sério, tem sido de mais. E hoje pela manhã então, passei-me à séria. Caramba, por mais cenas de psicologia infantil, dicas e coisas dessas que leia, quando chega a hora, fervo de tal forma que não dá para aplicar nada de racional.
E assim se termina a última manhã do mês de Setembro. Ninguém merece. E a tristeza com que se fica, então, é do piorio. 
Mas que o resto do dia seja melhor e que se transforme num bom último dia de Setembro.

2 comentários:

ynys disse...

Quando isso me acontece eu tento compensar no fim do dia, não chamando a atenção directa para o que se passou de manhã mas tentando meter conversa com ela para como se sente ou para o que fez no dia ou se está preocupada ou feliz, etc... às vezes resulta outras acaba mal e ainda fico pior mas tentar tentar tentar sempre :) beijinhos

D. disse...

Tento fazer o mesmo ynys. Mas também, nem sempre resulta