segunda-feira, 22 de setembro de 2014

It's monday, and I'm not in love - Not

Bom dia,
Como estão neste começo de Outono? Praticamente na mesma em relação ao final do Verão. Não é?
Percebo. É como eu, ainda não percebi se estou no Ounonão ou se no Verono, mas em algo do género devo ter andado a passear nos últimos meses.
Mas o que seja, que seja bom dentro do que nos é possível.
Ainda não tinha dito que, a reunião correu. Surreal, sem dúvida, mas correu bem. Acho que sim, que realmente só comigo, mas nada como "cagar-e-andar" e pura e simplesmente tentar ser-se. E foi o que fiz.
Muito pouca falta de vontade de ir trabalhar. Não sinto afinidade ao local, o que me custa. Tenho sempre aquela triste sensação de que estão sempre a gozar, criticar, comentar. Imaginem uma parede em que, à medida que passas destacam-se pequenas caras da parede que, umas com as outras, comentam a tua passagem. É, é um pouco isto.
Queria tanto conseguir ter algo em casa que me desse o sustento necessário para mim e para as miúdas.
Mas enfim. Não posso fazer nada. Não posso reclamar. Tenho que agradecer, adaptar e chutar o que "eu acho" para trás das costas.
Boa semana, amoricos

4 comentários:

Suricate disse...

A melhor semana possível,D.

marina maia disse...

Como te entendo...adorava ter mais tempo livre, mas o raça do dinheiro faz falta...
Beijo e uma boa semana!!!

ynys disse...

Sabes que eu estou contigo, sabes que sim. Eu sinto-me muito bem onde trabalho mas o € não é proporcional ao que faço, ao tempo que me é roubado e à minha falta de vontade de lá estar sem motivação. Não desistas mas procura, luta por encontrar mais qualquer coisa em ti que te imagines a fazer, que gostes MESMO que não pareça trabalho.... normalmente as coisas que te apetece fazer ou que apercebes que estás a fazer quando estás distraída são aquelas que devias fazer para sempre. Pensa se isso te diz alguma coisa... nem sempre há uma fórmula matemática para a solução mas... continuemos ambas à procura :) Boa semana

D. disse...

Obrigada amigas.
Não gosto nada de me ir sentindo assim. enfim...