quarta-feira, 21 de novembro de 2012

Prenda Natal #4

Para o Natal vou querer uns cabos destes. Ah! pois vou. 
Acontece que não é sempre que, estamos estacionados numa rua sem saída algures perdida não se sabe onde, onde não passa viv'alma, pelas 17:30 de outono e o nosso carro nem respira, não reage, nada, népia.
Ora, ora. Bela vida a minha, pensei! 
Por muito perto, estava uma senhora a conversar com outra, que, ao me verem aproximar, não fugiram! Yupi. Começou bem. Vamos ver como continuou.
Blá, blá, blá... e não é que a senhora tinha uma relíquia destas no carro dela e se prontificou a vir-me ajudar? Ah! E também tinha uma lanterna, pois já não se enxergava um boi e o candeeiro estava on/off. Abençoada senhora. Um ajinho, por certo, para estar ali pronta a ajudar outro anjo (moi).
E assim recebi a chucha da senhora e lá segui viagem, com o pensamento "Eu quero uns cabos destes também! E para a senhora, que o Pai natal lhe traga o que ela tanto quer."

2 comentários:

Ana disse...

Este ano, antes de trocar a bateria do carro, fiquei empanada umas 3 vezes. Tive sorte das 3 vezes, porque havia sempre alguém por perto com cabos e disposição para ajudar. Na altura, jurei a mim mesma que ia comprar a porcaria dos cabos para ter sempre comigo. Pois... compraste tu? Assim comprei eu:)

Vicky disse...

No Natal, querem-se essencialmente presentes úteis :)