quarta-feira, 29 de agosto de 2012

e ainda

E continuando a minha ida à capital... 
Resta-me a figura de patega, nunca de estranja or tourist, quando me deparo com estes belos-e-bem-pensados títulos de transporte versus a sua-utilização-pela-minha-pessoa.


Acho a ideia de suposta inter comunicação entre os transportes públicos em Lisboa [Lisboa e não só, porque este adquiri-o ao atravessar para Tróia pelo ferry], fantástica. Não sei muito do assunto por falta de utilização e por isso a culpada aqui sou eu. Mas a verdade é que é quase um fartote de rir ver-me a tentar carregar o cartão com o título de transporte. 
No caso da CP, em que após ter adquirido o "dito" título [carregado o cartão] e ter passado nas "portinhas", leio no placard um pouco à frente, algo como "não se esqueça de validar o seu título".
Ora, perante tal descrição, eu que apenas tinha carregado o cartão e utilizado para passar as portas, fiquei "aflita" - e não, não foi por ir ao wc - foi mesmo porque, não estava a entender onde é que ia validar o dito cujo.
Bem, a correr o risco de perder o comboio, lá fui à procura de alguém com badget CP para me dar uma ajudinha.
Depois de expor a minha questão, vi um leve esboçar de sorriso na cara do senhor e levei uma bela explicação que me esclareceu e quase fez perder o comboio.
Depois de devidamente sentada no comboio e pensando no assunto, concluo que, entendo o leve sorriso do funcionário CP. Afinal, ao final de tantos anos de haver este sistema, devo ser das poucas aves-raras que não sabe que, validar o título, acontece após passar as portas.
Mas também, quem os manda colocar a informação após, um bocado, passar estas portas? De que outra forma, para além de "colada" ao da frente, se consegue passar esta barreira de portas, sem, pelos vistos, validar o ticket?
Seja como for, belo passeio dei eu pela nossa adorada Lisboa. pateguisses à parte, Lisboa é linda e eu hoje até parecia turista.



7 comentários:

Kyla disse...

Afinal n sou só eu com este tipo de problemas :P
Não me entendo com os transportes em Lx. Especialmente metros - linha para aqui, linha para ali...
Estive 6 meses a trabalhar em Lisboa e tinha de usar o comboio da Fertagus e sim, também fiz perguntas parvas. Mas pronto, foi só nas primeiras vezes, depois já fazia com uma perna às costas (quer dizer, não exageremos, que era capaz de não dar jeito nenhum :P).
Prefiro estar longe de Lx e ficar no meu cantinho sem grandes confusões. Imagino uma ida a NYC por exemplo...ui...ca medo :P

Ana disse...

Deixa lá, eu que sou de Lisboa e moro em Lisboa, consigo fazer figuras piores que essa:)

Cookie disse...

A culpa não foi tua... o aviso é que estava mal colocado :-)))
Curiosamente, a propósito do comentário da Kyla, em NYC anda-se bem é a pé. Com um mapa na mão, encontras qualquer rua, é mesmo muito simples. Já o metro, é confuso e sinistro.

D. disse...

Sim com habito (e não de frade) chega-se lá. Mas eu é raro ir e quando é quase sempre de carro.
O metro em NYC é muiiito mais confuso. Lembro-me da 1 vez que o usei irritei-me tanto que já dizia que detestava a cidade. Mas é mentira, adoro.

D. disse...

Acredito. Só nos baralham esta malta.

D. disse...

Concordo em tudo. A culpa minha, era o que mais faltava. :))
Gosto de te ver por aqui e pela blogosfera.
Continua.

SaintWolf disse...

Bem, relativamente a Lx, tenho de concordar, é bonita sim, pena é na verdade raramente gastarmos algum do nosso tempo para a conhecer verdadeiramente.

Relativamente aos transportes. Para mim, é abominável o que fizeram com essa pseudo coligação. Senão repara, alguém que como eu anda uma vez por ano de transportes, tenho de gastar os 0,50€ no cartão cada vez que ando (pode-se devolver o cartão, bem sei, mas não está escrito à vista do público), depois a falta de informação exposta é ridiculamente nula e por último as filas que são para "carregar" o cartão caso estejam uns turistas na nossa frente porque pior do que nós muito menos entendem as maquinetas.

Sou a favor da tecnologia e do que nos ajude, sou contra tudo o que "roube" empregos, o que acabou por acontecer com esta generalizada automação, assim como nas portagens das AE's que agora é quase tudo automático (recuso-me a usá-las) e na Cp a mesma situação e por aí adiante...

Sou um velho do Restelo, é bem verdade.