domingo, 15 de janeiro de 2012

Repousar

Antes de retomar os milhões de coisas que uma pessoa tem na cabeça para preencher os fins de semana, repouso um pouco por aqui.
O barulho do mar e do vento a passar nas folhas das palmeiras, é qualquer coisa de extremamente relaxante.
Hoje estou aqui, sem grandes pensamentos. Apenas a bebericar do aroma do momento. Mas nas minhas memórias profundamente guardadas, vem a cima os momentos em que só, aqui passei horas de pensamentos e re-pensamentos, mas sempre com este som de folhas sopradas pelo vento e de ondas empurradas para as rochas.
Eu. O mesmo local, a mesma envolvente. Situações e momentos bem diferentes.
Vale a pena! Cada local, vale a pena. Cada pedra, vale a pena.
Por vezes, sinto a falta destes sons.

7 comentários:

S* disse...

As recordações marcam o que somos e o que fomos.

mfc disse...

Há lugares em que nos sentimos como em casa!
Isso acontece-me em certos sítios e há algo que me impele a lá voltar e a sentir-me amparado.. por não sei o quê!
Mas que me sinto amparado... sinto!

D. disse...

É tão bom e sabe tão bom voltar aos lugares que marcam quem somos.

Marisa disse...

Prainha de S. Pedro... simplesmente espectacular :)

D. disse...

Yes Marisa. :) A melhor, para mim. :)

Bloguótico disse...

Há lugares que, simplesmente, são "nossos"...

D. disse...

Pois são!