quarta-feira, 11 de janeiro de 2012

By

By night, nunca se querem deitar. Quando chega à hora (sim, eu lá em casa tenho hora para irem dormir. Desculpem, mas eu acho que tem de haver regras até para dormir) é a invenção de tudo o que falta ainda fazer. A parvoíce aumenta exponencialmente e com uma grande carga de sono em cima. Nota-se perfeitamente. Os olhos, o riso, até a maneira de falar. ORa, deixem-se mas é de tretas. Quando caiem no colchão, não restam 5 segundos e até já ressonam.
Depois temos o By morning. Pois que lá em casa levantamos-nos cedo. As pipocas às 7:00 têm já de esta a levantar-se, para se arranjarem e irem para casa dos avós esperar que estes os levem à escola. É a vida. A sociedade acha que crianças fazem falta, mas não dá grandes condições para estas terem uma vidinha de crianças. Bom, mas isto para dizer que a outra grande tarefa vem no by morning. Parecem coladas ao colchão. Não há maneira de arrancar tais criaturas de baixo do edredon. guerra para aqui, camisola para ali, remela para o outro lado, lá se consegue que se aprontem e aperaltem.
E é assim, entre outros, estes são os momentos by zanga lá do meu castelo.

7 comentários:

Tanita disse...

Realmente ser criança não é fácil nos tempo de hoje. Lembro-me que a minha mãe esteve sempre em casa comigo, que as minhas aulas começavam as 9.30h e que levava 15minutos a pé a chegar à escola.
No meu caso, e como o meu ainda é pequeno, vai para a cama cedo e sem protestar, ainda ontem adormeceu ainda não eram 21h. De manhã acordo-o às 19.20 +/-. Acorda com um sorriso e olhinhos de passarinho. Corta-me o coração mas é a vidinha como dizes, e nunca mais nos sai o euromilhões para eles terem uns horários melhores. Bj**

D. disse...

Eu também tive a minha mãe sempre em casa, como tu, pelos vistos. Não me lembro de haver problemas nem para deitar, nem para levantar.
Estas crianças hoje em dia, coitadas. Sofrem um pouco. Elas também vão cedo para a cama, 21:30 já aqueles olhinhos começam a descair e a "parvoice" do sono a aumentar, só que depois é tanta a maluqueira que vira mais um "by". :)

Ana disse...

Percebo-as tão bem! Principalmente na parte do By morning. Só tenho pena de já não ter idade para fazer essas birras:)

D. disse...

Ah ah ah Ana. Eu também as percebo, mas tem de ser!
Elas fazem birras mas se eu for a ver bem, são q.b., atendendo a que são crianaças.
O defeito é meu, que queria que por vezes fossem máquinas.

Paula disse...

Eu quando era miúda queria era ficar acordada de noite e de dia e hoje em dia, quando o despertador toca de manhã, só me apetece bater-lhe!
:)

mfc disse...

Pois... a vida é feita desses "by" todos!
É assim mesmo!

SaintWolf disse...

Concordo plenamente, o PR apela à natalidade, mas... é o que vemos condições... 0(zero)