quinta-feira, 25 de agosto de 2011

Expressão, problema ou talvez não

Tenho um problema de expressão. Sim, eu também tenho um. As palavras não saem com facilidade. Ficam presas e ruborizadas. Uso gestos e olhares, para expressar o sentir e o querer. Uso pequenas acções para mostrar a gratidão por ter comigo o que me faz viver.
Tenho as mãos para tocar; os olhos para cuidar e a boca para beijar. Tenho o defeito de ser esquiva a o feitio de ser doce. Tenho em mim os ingredientes para despertar o prazer de rir em conjunto.
Mas se o corpo é a expressão da alma e o amor vem da alma, eu expresso-me através do corpo. O meu problema de expressão é verbal, prende-se com as palavras, porque no silencia, o olhar, o tocar e o beijar, conseguem expressar o que vai dentro da alma.
Afinal, não tenho um problema de expressão. Tenho uma forma de expressar que só entende quem faz parte da minha alma.


(Já agora, a foto é minha!)

7 comentários:

Anônimo disse...

Bonita Foto... lembro-me de quando a tiraste... e já agora, belo texto! Gostei!!!

(MMS)

D. disse...

Que saudes da tua passagem por aqui, MMS. Lembras-te? É natural. :)
Obrigada.

L.O.L. disse...

Se não tivesses finalizado da maneira como finalizaste eu diria mesmo que tens muita facilidade em te expressares. :D

D. disse...

:D Obrigada.
Não te referes ao (já agora, a foto é minha!), pois não?? :))

mfc disse...

Fotografar também é uma forma de expressão linda!
E quanto à tua forma de te exprimires... eu entendo-te tão bem!
Fizeste um belo texto sobre esse tema.
Beijinhos.

Anônimo disse...

Eu ando sempro por aqui!!! Nem sempre comento, mas todos os dias dou cá um saltito... Continua, que gosto de te ler!

(MMS)

D. disse...

@ MMS - ;-) e vem sempre. Aqui não há sensura nem sentimento de perseguição. :))