terça-feira, 5 de julho de 2011

Abandono

O meu blog coitadinho, já nem entre linhas tem mensagens. Nem letras, nem pontos nem vírgulas.
Na verdade, não tem nada.
Está abandonado, o pobre!
Nasceu cheio de força e boas ideias e olhem ao que chegou!
Por certo teria muitas coisas para aqui contar, mostrar fotografias (apesar de não ser bem "a minha onda" mostrar fotos da minha casa, do que comprei, etc. Mas.... nunca se sabe), mas teria muita fofoca, coisas ruins, alegrias, lágrimas e sorrisos para partilhar.
E porque não o fiz? perguntam vocês, os poucos que ainda aqui vêm ver? Por nada em especial. Ou então, por uma preguiça incontrolável. Vai na volta, perdi a password de entrada. Ou se calhar achei que iria despejar aqui alguma raiva. Ou como diz um otário que conheço, [só conheço um?? - sortuda] despejar veneno. Ou se calhar achei que não tinham interesse em ler as minhas palavras parvamente apaixonadas. Ou secalhar, queria falar da política do país e não sei.
Bem, mil-e-um motivos, mas só um será o válido. Agora isso também não importa.
Vim aqui para dizer, aos resistentes, qua ainda sou viva. Vamos ver se consigo repor aqui algumas letras ou se terei de entregar este blog à Liga Protectora de Blogs.

6 comentários:

Kelle disse...

Quem é vivo sempre aparece :=) É uma pena que as actualizações do blog escasseiem desta maneira, mas por cá vamos ficando à espera de palavras que nos prendam!

D. disse...

Que palavras tão simpáticas, Kelle. Muito obrigada.
Vou tentar, o problema é que me fogem as ideias. :)

Pólo Norte disse...

E o selo? Ahn?

mfc disse...

Volta sempre... e volta com a alegria de fazeres o teu blog.
Beijinhos.

D. disse...

Obrigada mfc. :)

@Pólo - Selo? Qual selo? Já vou passar no teu canto para ver.

SaintWolf disse...

é por causa deste abandono de blogs que cada vez mais abomino as redes(anti)sociais