terça-feira, 18 de janeiro de 2011

Mudanças



Não o vou fazer, porque não posso. Tenho duas filhas lindas que precisam muito de mim e eu delas. Para além de que com estas "modernices" da guarda partilhada... enfim é o que é (com coisas boas e más).
Mas se pudesse, dizia eu, saia deste nosso país e ia...emigrava. Em todo o lado há bom e menos bom, é claro. Mas pelo menos é diferente. Aqui nem as campanhas presidênciais têm "piada". Andamos sempre "à rasquinha" com o emprego. O ordenado quase não dá para o arroz. Só vejo é impostos, taxas e coisas parecidas. E eu (e vocês) a descontar, a descontar. Enquanto uns emagrecem, os outros engordam que nem perú em vespera de Natal.
Se eu pudesse, ia embora sim!

4 comentários:

M. disse...

Leva-me contigo:)

Cada vez mais pessoas pensam assim...Não será por acaso.

O barco afunda-se...e eu não sou rato...

D. disse...

Eu levo M., eu levo.

SaintWolf disse...

Concordo com esse teu anseio.

Mas porque não ver isto de outro modo, até porque quem está mal não somos nós, já que tanto pagamos, não me importava nada de pagar mais qualquer coisinha extra para enviar estes pseudo-gestores Estatais para a p*** que os par** e afundá-los em pleno oceano pacífico (eu sei que seria poluição). Ah, esses pseudo-gestores e muito "mitra" que mina este país ao viver apenas a "chupar" subsídios e subsídios...

Em resumo, porque não sai quem pouca falta faz ao invés de serem os outros a sair?

D. disse...

Welcome back Saint Wolf. ;)
Gostava muito de te responder, mas também não sei.