sexta-feira, 29 de dezembro de 2017

E com 2017 a chegar ao fim...

... quis vir deixar-vos um "olá" e um "adeus, até para o ano".
Este ano que agora está prestes a terminar, deixa muito poucos post neste meu cantinho. 

Não posso dizer que tenha sido um ano propriamente fácil, mas também já tenho passado por deles difíceis, mas, com níveis de dificuldade diferente.

Este ano, pareceu-me um ano de perdas. Mas perdas de pessoas, de seres. (Pois perder o emprego, e outras coisas, já me aconteceu em outros anos aqui relatados).

Foi um ano pessoalmente complicado. Os meus amores pequeninos, separadas, muita complicação nas suas cabeças, muitas histórias que não acrescentam grande coisa. Enfim, desde Abril, um turbilhão de emoções e situações para gerir, viver e sobreviver. Quer elas, quer eu.
Em relação a este assunto, o ano tende a acabar um pouco mais tranquilo. Mas não sei se não é uma espécie de "farsa" necessária. 
O tempo o dirá. A vida resolverá esta questão.

Depois, foi a perda com intervalo de dois meses dos meus "novos" sogros. Complicado, e sem palavras para vos deixar aqui descrito.

Até ao dia de hoje, é o que temos. Mas duro. Ano, muito duro. 
Como mãe que sou, boa ou má, o melhor que consigo e que gosto das minhas filhas, é quase como se vivesse um luto. Mas um daqueles lutos como nos acontece aquando de uma separação.- Quem já se divorciou, sabe do que falo.
Não são lutos fáceis. E é preciso uma grande dose de parvoíce natural, para não enlouquecer.

E aqui deixo este pequeno e aflorado resumo do meu ano. 
Desejo que o vosso tenha sido muito bom e que o próximo vos encha de surpresas, das boas. (porque surpresas como as minhas, não vale a pena).

Mas atenção que também teve muitas coisas boas. Em quantidade, muitas mais, felizmente, mas em qualidade, as menos boas que me aconteceram, são duras.

E como li há pouco, "Os dias são longos mas os anos são curtos. Logo não é 2018 que tem de ser melhor mas antes nós".

Bom Ano Novo para todos os que por aqui passam.
D.

Um comentário:

SaintWolf disse...

Melhor ano de 2018 D.